Alunos Autodidatas

Nesta escola, não há alunos enfileirados uns atrás dos outros dentro de uma mesma sala, divididos por séries, ou mesmo professores ditando conteúdos. Quem decide o currículo são os estudantes, que também administram quando e onde vão estudar. É assim que funciona o Colegio Fontán, em Bogotá, na Colômbia, que busca inspirar a autonomia nos alunos, para que eles aprendam por conta própria e se tornem intelectualmente maduros. Fundada pelos filósofos colombianos Emilia Fontán e Buenaventura Fontán, há 27 anos, a escola vai na contramão do modelo tradicional de ensino. Baseada no sistema que valoriza a individualização da aprendizagem, permite ao estudante montar seu currículo e estudar de forma autodidática. O modelo de educação é reconhecido pelo Ministério de Educação do país como uma proposta inovadora.

Ler

Leia também: Sistema Fontán

About Giorgio Bertini

Director at Learning Change Project - Research on society, culture, neuroscience, cognition, critical thinking, intelligence, creativity, autopoiesis, self-organization, rhizomes, complexity, systems, networks, leadership, sustainability, thinkers, futures ++
This entry was posted in Educación, Education and tagged , . Bookmark the permalink.