Resistência e Participação em tempos de pandemia

Observatório criado por movimentos feministas, antirracistas e de Direitos Humanos denunciará retrocessos, fará pressão política e fortalecerá redes de solidariedade. É um caminho para enfrentar ofensiava antidemocrática do governo.

A participação social no desenho e na execução de leis e políticas públicas é um pilar da democracia, previsto na Constituição de 1988. Os movimentos de mulheres e feministas sempre foram ativos e atuantes em diferentes frentes. No legislativo federal, por exemplo, são décadas de monitoramento e incidência para a aprovação de legislações não discriminatórias. Estivemos presentes, por exemplo, em debates e votações, apoiando a construção de uma representação coletiva das mulheres parlamentares, que se concretizou na Bancada Feminina no Congresso Nacional.

Ler

About Giorgio Bertini

Research Professor. Founder Director at Learning Change Project - Research on society, culture, art, neuroscience, cognition, critical thinking, intelligence, creativity, autopoiesis, self-organization, rhizomes, complexity, systems, networks, leadership, sustainability, thinkers, futures ++
This entry was posted in Coronavirus, Participation, Social movements and tagged , , . Bookmark the permalink.